O triunfo da Gnosis universal

A história da Gnosis conheceu numerosos momentos de triunfo, mas também de intensa tragédia; momentos de nascimento pleno de alegria e de promessa gnóstica, mas também episódios de violentos combates, perseguições, destruições, crucificações e de fogueiras para as testemunhas da verdade vivente; desprezo e perseguição para os portadores da chama gnóstica, por sua palavra vivente, pelos escritos e testemunhos vivos que eles deixaram atrás de si.
Uma antiga sentença diz: “A Luz retorna sempre aos lugares onde ela nasceu”. Este livro, O triunfo da Gnosis universal, empenha-se em descrever o retorno, o renascimento da Gnosis, que ligamos a uma profecia cátara, feita por ocasião do total aniquilamento da Fraternidade cátara da Idade Média, no castelo de Montségur, no dia 16 de março de 1244: “Mas, após setecentos anos, o loureiro reverdecerá… ”
Sob a luz dessa profecia falaremos do ano de 1944, essa virada do século vinte, como de um novo renascimento da Gnosis, ano que precedeu a divulgação dos manuscritos herméticos, gnósticos cristãos de uma antiga biblioteca descoberta em Nag Hammadi no Alto Egito em 1945.

Encontre seu livro aqui:

O triunfo da Gnosis universal

Informação adicional

legenda

A história da Gnosis conheceu numerosos momentos de triunfo, mas também de in- tensa tragédia; momentos de nascimento pleno de alegria e de promessa gnóstica, mas também episódios de violentos combates, perseguições, destruições, crucificações e de fogueiras para as testemunhas da verdade vivente; desprezo e perseguição para os portadores da chama gnóstica, por sua palavra vivente, pelos escritos e testemunhos vivos que eles deixaram atrás de si. Uma antiga sentença diz: “A Luz retorna sempre aos lugares onde ela nasceu”. Este livro, O triunfo da Gnosis universal, empenha-se em descrever o retorno, o renasci- mento da Gnosis, que ligamos a uma profecia cátara, feita por ocasião do total aniquilamento da Fraternidade cátara da Idade Média, no castelo de Montségur, no dia 16 de março de 1244: “Mas, após setecentos anos, o loureiro reverdecerá… ” Sob a luz dessa profecia falaremos do ano de 1944, essa virada do século vinte, como de um novo renascimento da Gnosis, ano que precedeu a divulgação dos manuscritos herméticos, gnósticos cristãos de uma antiga biblioteca descoberta em Nag Hammadi no Alto Egito em 1945.

Avaliações

Não há avaliações ainda.

Apenas clientes logados que compraram este produto podem deixar uma avaliação.