Revista 2007 Número 1

Número: 1

Ano: 2007

– As águas do não-ser

– O jovem da cicatriz

– Chidr, o verde

– O sonho da imortalidade

– O grito, a ponte e o espírito

– Quando números e figuras já não forem…

– O segredo do grande tambor

Espírito e natureza, espírito ou natureza? Que relação existe entre esses dois termos? Essa questão sempre perturbou os buscadores. Na Gnosis hermética, esses dois conceitos evocam a idéia alquímica de um renascimento do espírito e da natureza renovados, reconciliados num piscar de olhos, e perfeitamente unidos.

Na aurora do novo período – a era de Aquário – parece que o homem e a natureza estão adentrando num poderoso processo de transmutação ou desmaterialização. No
horizonte se delineia a grande possibilidade de uma total libertação da matéria deste mundo. Esse tipo de liberdade fascinante, talvez terrível, acontecerá em forma de liberdade digital ou no meio de nuvens etéricas?

Mas, existe outro caminho? Pode a espiritualidade oferecer uma base existencial verdadeiramente nova? Sempre foi dito, e estas palavras ainda são atuais: quando
harmonizamos nossa vida com o despertar do divino dentro de nós, sem dúvida, após um período de preparação, surgirá uma nova consciência, em total unidade com o espírito divino. A Doutrina Universal de todos os tempos compara essa bem-aventurada experiência ao ingresso num novo estado de ser, claro, puro e em perfeita harmonia: a participação no “estado de ser do reino interior”.

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Outras edições